Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (19) 9.9929 1015

Encontre o que deseja

NO AR

Portal NOVA 15

    Águas de São Pedro

Depois de pressão, Nelinho diz que prefeito de Águas entrega cestas a alunos, mas incompletas

zampaulo

Publicada em 01/04/21 as 09:00h por Danilo Telles - 227 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
De acordo com Nelinho Noronha, deveriam ser entregues duas cestas às famílias para atender os direitos e necessidades dos alunos, uma vez que a entrega está atrasada, já que deveria ter sido iniciada em fevereiro.  (Foto: Divulgação )

O vereador Nelinho Noronha (PT) diz que depois da pressão feita por ele e por pais e mães de alunos, inclusive nas redes sociais, finalmente o prefeito de Águas de São Pedro, João Victor Barboza, entregou no final da semana passada cestas de alimentos aos alunos que estudam na escola da cidade. No entanto, o vereador diz que foi entregue apenas uma cesta e de forma incompleta, uma vez que não foi acompanhada dos produtos hortifruti.


No entanto, depois de diversos vídeos postados nas redes sociais nesta semana, pelo vereador  Nelinho Noronha, o prefeito mudou de ideia e comunicou que fará o cumprimento da cesta, com o fornecimento dos produtos hortifruti nos dias 8 e 9 de abril, das 9 às 15 horas, na EMEF Luiza Fornasier Franzin, devendo ser retiradas por pais ou responsáveis pelo aluno, seguindo todo protocolo de segurança em função da covid-19. “Porém, devemos fiscalizar para ver se realmente será cumprido o prometido”, diz o vereador Nelinho. 


De acordo com Nelinho Noronha, deveriam ser entregues duas cestas às famílias para atender os direitos e necessidades dos alunos, uma vez que a entrega está atrasada, já que deveria ter sido iniciada em fevereiro. O vereador também ressalta que o prefeito deveria ter feito a licitação para a aquisição das cestas em janeiro, assim que assumiu a administração municipal. “No entanto, ele acabou só fazendo agora e o processo licitatório foi impugnado por uma das empresas participantes. Com isso, certamente, o prefeito está utilizando recursos de outras pastas para adquirir a cesta de forma emergencial, o que deverá ser considerado ilegal  pelo Tribunal de Contas. Como vereador também vou investigar esta situação”, diz.


Para o vereador Nelinho Noronha, está faltando sensibilidade por parte do prefeito João Victor, que ao invés de utilizar recursos públicos, num total de R$ 62 mil, para atender as necessidades da população, como a aquisição das cestas que são direito dos alunos, optou em gastar com a realização do carnaval, mesmo estando proibido. “Com as alunas sendo remotas, as famílias precisam destas cestas de alimentos, uma vez que boa parte dos alunos acabam se alimentando nas escolas. Realmente, faltou sensibilidade e experiência administrativa para o prefeito”, ressalta. 






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (19) 9.9929 1015

Visitas: 821619 | Usuários Online: 35

Todos os direitos reservados a NOVA 15 - Todos os direitos reservados